Pré-Inscrição: UFCD 6570 - Abordagem geral de noções básicas de primeiros socorros


Abertas pré-inscrições em Lisboa e Península de Setúbal para ativos empregados e desempregados

Objetivos

  • Descrever o que é o Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) e quais os seus intervenientes.
  • Descrever como ativar o sistema de emergência médica utilizando o número europeu de socorro "112".
  • Identificar o conceito de cadeia de sobrevivência e identificar os seus elos.
  • Explicar a importância da cadeia de sobrevivência e qual o princípio subjacente a cada elo.
  • Reconhecer os riscos potenciais para o reanimador.
  • Identificar as medidas a adotar para garantir a segurança do reanimador e da vítima.
  • Identificar as medidas universais de proteção e reconhecer a sua importância.
  • Explicar o conceito de Suporte Básico de Vida (SBV) de acordo com o algoritmo vigente.
  • Explicar o conceito de avaliação inicial, via aérea, respiração e circulação.
  • Aplicar a sequência de procedimentos que permitam executar o SBV de acordo com o algoritmo vigente.
  • Identificar os problemas associados à execução de manobras de SBV.
  • Identificar quando e como colocar uma vítima em posição lateral de segurança.
  • Identificar as contra-indicações para a posição lateral de segurança.
  • Identificar as situações de obstrução parcial e total da via aérea.
  • Identificar as causas e os tipos de obstrução da via aérea.
  • Aplicar a sequência de atuação perante uma vítima com obstrução da via aérea.
  • Identificar situações de perigo através da execução do exame à vítima.
  • Identificar as emergências médicas mais frequentes.
  • Identificar os principais sinais e sintomas característicos das emergências médicas.
  • Aplicar os primeiros socorros adequados a cada emergência médica.
  • Identificar os vários tipos de hemorragias.
  • Identificar os sinais e sintomas mais comuns das hemorragias.
  • Listar e descrever os vários métodos de controlo de hemorragias.
  • Controlar uma hemorragia através dos métodos de controlo.
  • Identificar os tipos de feridas mais comuns.
  • Tratar uma ferida utilizando pensos e ligaduras.
  • Identificar os tipos de queimaduras mais comuns.
  • Tratar provisoriamente uma queimadura.
  • Identificar os traumatismos mais comuns dos membros.
  • Reconhecer o que fazer e/ou não fazer nestes casos.
  • Identificar as situações específicas que requerem a intervenção do profissional de Saúde.
  • Explicar que as tarefas que se integram no âmbito da sua intervenção terão de ser sempre executadas com orientação e supervisão de um profissional de saúde.
  • Identificar as tarefas que têm de ser executadas sob supervisão direta do profissional de saúde e aquelas que podem ser executadas sozinho.

Conteúdos

  • O Sistema Integrado de Emergência Médica – SIEM
    • Componentes, intervenientes e forma de funcionamento
    • Número europeu de socorro 112
  • Cadeia de Sobrevivência
    • Conceito e importância
    • Elos e princípios subjacentes
  • Riscos para o Reanimador
    • Riscos para o reanimador e para a vítima
    • Condições de segurança e medidas de proteção universais
  • Manobras de Suporte Básico de Vida
    • Conceito de acordo com o algoritmo vigente
    • Procedimentos e sequência
    • Insuflações e compressões torácicas
    • Problemas associados
  • Posição Lateral de Segurança
    • Como e quando a sua utilização
  • Obstrução da via aérea
    • Situações de obstrução parcial e total
    • Tipos e causas de obstrução
  • Exame à vitima
    • Estado de consciência e permeabilidade da via aérea
    • Características da respiração, pulso e pele
  • As Emergências médicas mais frequentes
    • Principais sinais e sintomas
    • Principais cuidados a prestar
      • Problemas cardíacos
      • Problemas respiratórios
      • Acidente vascular cerebral
      • Diabetes
      • Crises convulsivas
      • Situações de intoxicação
    • Limites de intervenção na perspetiva de cidadão e de profissional de saúde
  • Principais tipos de traumatismos
    • Traumatismos de tecidos moles (feridas e hemorragias)
    • Queimaduras
    • Traumatismos dos membros
    • Limites de intervenção na perspetiva de cidadão e de profissional de saúde
  • Tarefas que em relação a esta temática se encontram no âmbito da sua intervenção
    • Tarefas que, sob orientação de um profissional de saúde, tem de executar sob sua supervisão directa
    • Tarefas que, sob orientação e supervisão de um profissional de saúde, pode executar sozinho/a

* Os conteúdos são sempre adaptados ao perfil dos formandos

* As temáticas integradas nos cursos serão aprofundadas de acordo com o perfil dos formandos e constituição das turmas

Destinatários

  • Público com idade maior ou igual a 18 anos
  • Ativos empregados com habilitações iguais ou superiores ao 6º ano (nível 2) ou 9ª ano (nível 4)
  • Desempregados detentores de habilitações iguais ou superiores ao ensino secundário, com idade maior ou igual a 23 anos

Carga Horária

25 horas

Datas e Horas de Realização

29 de outubro 3,5,10,12,17,19 de novembro

9h00-12h30, primeiro dia 9h00-13h00h

Modalidade de Formação

Formação a distância / Live Training

Requisitos

Computador/tablet com acesso à internet, microfone e câmara.

Certificação

No final da ação de formação será emitido um Certificado de Formação Profissional, caso tenha obtido aproveitamento, ou um Certificado de Frequência com o número de horas frequentadas. Para efeitos de conclusão da formação com aproveitamento e posterior certificação, a assiduidade do formando não pode ser inferior a 90 % da carga horária total. As faltas não podem exceder 5% do total das horas de formação, no caso das injustificadas, ou 10%, no somatório das faltas justificadas e injustificadas.

Pré-Inscrição

DGert
Lisboa2020
Portugal2020