PT | EN

UFCD 6579 – Cuidados na saúde mental

Objetivos

  • Identificar o conceito de saúde mental.
  • Identificar as principais alterações e perturbações mentais.
  • Identificar as alterações de comportamento, pensamento, humor e comunicação.
  • Identificar as especificidades a ter em conta nos cuidados de alimentação, higiene, conforto e eliminação em indivíduos com alterações de saúde mental.
  • Explicar que as tarefas que se integram no âmbito de intervenção do/a Técnico/a Auxiliar de Saúde terão de ser sempre executadas com orientação e supervisão de um profissional de saúde.
  • Identificar as tarefas que têm de ser executadas sob supervisão direta do profissional de saúde e aquelas que podem ser executadas sozinho.
  • Explicar as formas de estabelecer uma interação com utentes que apresentam uma alteração ou perturbação mental e após validação com o profissional de saúde.
  • Explicar a importância de demonstrar interesse e disponibilidade na interação com utentes.
  • Explicar a importância de manter autocontrolo em situações críticas e de limite.
  • Explicar o dever de agir em função das orientações do profissional de saúde.
  • Explicar o impacte das suas ações na interação e bem-estar emocional de terceiros.
  • Explicar a importância da sua atividade para o trabalho de equipa multidisciplinar.
  • Explicar a importância de assumir uma atitude pró-ativa na melhoria contínua da qualidade, no âmbito da sua ação profissional.
  • Explicar a importância de cumprir as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho assim como preservar a sua apresentação pessoal.
  • Explicar a importância de agir de acordo com normas e/ou procedimentos definidos no âmbito das suas atividades.
  • Explicar a importância de adequar a sua ação profissional a diferentes públicos e culturas.
  • Explicar a importância de prever e antecipar riscos.
  • Explicar a importância de demonstrar segurança durante a execução das suas tarefas.
  • Explicar a importância da concentração na execução das suas tarefas.
  • Explicar a importância de desenvolver as suas atividades promovendo a humanização do serviço.

Conteúdos

  • Saúde mental
    • Doença mental
    • Principais alterações e perturbações mentais
      • Alterações do comportamento
      • Alterações do pensamento
      • Alterações do humor
      • Alterações da comunicação
  • Cuidar em saúde mental
    • Aspectos específicos nos cuidados ao utente com alterações de saúde mental:
      • Alimentação
      • Eliminação
      • Higiene e hidratação
      • Sono e Repouso
      • A manifestação de desconforto e de dor
    • O/A Técnico/a Auxiliar de Saúde em interação com o individuo que apresenta alteração ou perturbação mental
  • Tarefas que em relação a esta temática se encontram no âmbito de intervenção do/a Técnico/a Auxiliar de Saúde
    • Tarefas que, sob orientação de um enfermeiro, tem de executar sob sua supervisão directa
    • Tarefas que, sob orientação e supervisão de um enfermeiro, pode executar sozinho/a

Destinatários

  • Público com idade maior ou igual a 18 anos
  • Ativos empregados com habilitações iguais ou superiores ao 6º ano (nível 2) ou 9ª ano (nível 4)
  • Desempregados detentores de habilitações iguais ou superiores ao ensino secundário, com idade maior ou igual a 23 anos

Carga Horária
25 horas

Datas de realização
25, 26, 27, 28 de Setembro (9h30-17h30)

Local de realização
Municipio de Lisboa

Certificação
No final da ação de formação será emitido um Certificado de Formação Profissional, caso tenha obtido aproveitamento, ou um Certificado de Frequência com o número de horas frequentadas.
Para efeitos de conclusão da formação com aproveitamento e posterior certificação, a assiduidade do formando não pode ser inferior a 90 % da carga horária total.
As faltas não podem exceder 5% do total das horas de formação, no caso das injustificadas, ou 10%, no somatório das faltas justificadas e injustificadas.

Pré-Inscrição